Suppa

LEILA MENINA

leilamenina

Em época de Copa do Mundo, resolvi presentear a Si com um livro que fala de futebol. Nesse caso especificamente, as meninas e o futebol. Ou ainda, as meninas e a luta pelos direitos das mulheres em plena época ditatorial…

Esta obra de Ruth Rocha, com divertidas ilustrações de Suppa, conta a história de uma menina carioca que resolveu contestar padrões sociais no ano de 1968. Um ano marcado pela luta contra o regime ditatorial em nosso país, pelo recrudescimento do mesmo e pela ascensão dos chamados “novos movimentos sociais” na Europa e nos EUA, com repercussões no Brasil. Entre esses “novos” movimentos sociais está o feminista, que já existia muito antes disso, mas que ganha novo fôlego e novas pautas.

A protagonista do livro tem oito anos de idade e é fácil inferir que seu nome foi uma homenagem da autora à atriz Leila Diniz, famosa por romper padrões da época para o comportamento feminino. Por sinal, uma foto dela aparece no fundo da ilustração da capa.

leilamenina2

No livro, Leila e suas amigas gostam de jogar futebol, mas são proibidas de usar o campo da escola em que estudam. Ao observar a luta das primas mais velhas de Leila pelo direito de usarem calças na faculdade, elas se inspiram e organizam um movimento em sua escola. Apesar dos percalços, sua mobilização é bem sucedida e as meninas passam a usar o campo de futebol.

leilamenina3

O livro, que é destinado para crianças a partir de 7 anos, traz uma série de referências históricas muito interessantes. Ao final, há um texto intitulado “Um pouquinho mais de história”, escrito por Anna Flora, que busca situar melhor as crianças naquele período. Uma bela introdução a um período importante da história de nosso país!

Fica a dica!

Autora: Ruth Rocha

Ilustradora: Suppa

Editora: Salamandra

Ano: 2012

Número de páginas: 32

Anúncios